NOOSFERA
  

MÚSICA DO DIA!!!

 

Em homenagem a Dona LU ALCKMIN!!!

 

Com que roupa

(Noel Rosa)

Eu hoje vou mudar minha conduta
Eu vou à luta, pois eu quero me aprumar
Vou tratar você na força bruta
Que é pra poder me reabilitar
Pois esta vida não está sopa
E eu pergunto, com que roupa, com que roupa eu vou
Ao samba que você me convidou?

Eu hoje estou pulando feito sapo
Pra ver se escapo dessa praga de urubu
Já estou coberto de farrapos, eu vou acabar ficando nu
Meu paletó virou estopa, e eu não sei mais com que roupa
...
Seu português agora deu o fora, já foi-se embora
E levou seu capital
Esqueceu quem tanto amou outrora
Foi no Adamastor pra Portugal
Pra se casar com uma cachopa, e agora, com que roupa?
...
Agora eu não ando mais fagueiro,
Pois o dinheiro não é fácil de ganhar
Mesmo eu sendo um cabra trapaceiro
Não consigo ter nem pra gastar
Eu já corri de vento em popa, mas agora com que roupa...

Clique para ouvir em RealPlayer com Rosinha de Valença



Escrito por NOOS às 13h31
[] [envie esta mensagem]


 
  

IMPRENSA AMIGA!!!

 

As diferenças em alguns casos são sutis, em outros descaradas, mas, nas duas situações, não ocultam a hipocrisia editorial de carregar nas tintas e nas alusões quando se trata de malhar o adversário político e ser manso e subserviente quando denúncias de igual calibre ameaçam os mais chegados. O caso de favorecimento da Nossa Caixa a agências de publicidade, publicações e emissoras de televisão amigas do governo Geraldo Alckmin, em São Paulo, mais uma vez, expõe como certo jornal paulista tenta enganar seus leitores com mágicas e truqtes baratos de edição, como a inversão do sujeito na ação do verbo ou a abertura da reportagem trazendo o desmentido do governo amigo.

 

Leia aqui o conteúdo completo do artigo acima (Imprensa amiga minimiza "verbas especiais" da Nossa Caixa), escrito por Alceu Nader, no Blog Contrapauta, do Observatório da Imprensa.

 

Nota do Blog: A imprensa não se emenda mesmo. Depois diz que é coisa de ‘teoria da conspiração’, coisa de petista!



Escrito por NOOS às 13h12
[] [envie esta mensagem]


 
  

COMO O PROMETIDO REPRODUZIMOS NESTE ESPAÇO

 

OUTRO LADO

Entidade recebeu todas as roupas, diz assessoria

DA COLUNISTA DA FOLHA

A primeira-dama Lu Alckmin reafirmou ontem, por meio de sua assessoria, que recebeu 40 peças de roupas do estilista Rogério Figueiredo, e não 400, como ele diz. "Todas foram doadas. A quase totalidade para a mesma entidade [Fraternidade Irmã Clara], em três lotes", disse a assessoria.


A entidade Irmã Clara não tem conhecimento das doações anteriores porque "foram feitas de forma anônima em 2004 e 2005, e agora em março de 2006, para que a entidade, que promove bazares, pudesse angariar um volume maior de recursos".


De acordo com a assessoria, a doação feita na terça, 28, dois dias depois da publicação, pela Folha, das declarações do estilista "se deve ao fato de [Lu Alckmin] estar de saída do Fundo Social de Solidariedade".


A Folha perguntou se a primeira-dama, que não recebe salário nem tem verba de representação, recebe gratuitamente roupas da Daslu, uma das lojas mais caras do país. A assessoria afirmou que "todas as roupas dela são tradicionais e foram adquiridas ao longo do tempo. Várias delas em promoções e pagas em prestações". O governador Geraldo Alckmin ganha R$ 14 mil por mês.

Nota do Blog: atentem para o trecho grifado na resposta da assessoria.



Escrito por NOOS às 12h33
[] [envie esta mensagem]


 
  

HAJA ARMÁRIO!!!

 

Que a Dona Lu Alckmin – como toda sua família – é chegada em um luxo – afinal a filha foi Dasluzete e tudo – todos nós já sabíamos, mas que recebe mimos regularmente, isso estamos sabendo agora.

 

Veja mais um capítulo da história das roupas da dona Lu. Será que isso consta da biografia dela, escrita pelo alegre rapaz Gabriel Chalita (esse entende de armário)?

 

 

ELEIÇÕES 2006/ROUPAS DOADAS

PRIMEIRA-DAMA DE SÃO PAULO DIZ QUE VESTIDOS QUE GANHOU FORAM ENTREGUES A INSTITUIÇÃO DE CARIDADE; DEPUTADO VÊ IMPROBIDADE

ASSEMBLÉIA INVESTIGA DOAÇÕES A LU ALCKMIN

MÔNICA BERGAMO - COLUNISTA DA FOLHAFolha Brasil – 31/03/2006

A Assembléia Legislativa de São Paulo vai investigar as doações de roupas que foram feitas pelo estilista Rogério Figueiredo para a primeira-dama do Estado, Lu Alckmin. O estilista revelou à Folha que já doou 400 peças de alta-costura para a primeira-dama.


Em carta enviada anteontem ao jornal e publicada ontem, a assessora de Lu Alckmin, Cristina Macedo, afirmou que "a senhora Lu Alckmin não recebeu 400 peças" de Rogério Figueiredo e que "as poucas peças" entregues foram doadas para "a entidade social Fraternidade Irmã Clara".


Ao jornal "O Estado de S. Paulo", Lu Alckmin afirmou que recebeu 40 peças do estilista e que todas foram doadas à Fraternidade Irmã Clara "em três lotes, em anos consecutivos". A entidade não confirma tais doações. Já o estilista reafirmou à Folha que doou 400 peças, ou cerca de 200 modelos completos, a ela.


"Quarenta roupas ou 400 não muda absolutamente nada. Então quer dizer que ela ganhou R$ 200 mil em presentes e não R$ 2 milhões? É improbidade administrativa do mesmo jeito", diz o deputado Romeu Tuma Jr. (PMDB-SP), autor do requerimento que pede explicações ao governador Geraldo Alckmin pelos "confortos proporcionados de graça à sua esposa". Os vestidos de Figueiredo custam de R$ 3.000 a R$ 5.000.


A presidente da Fraternidade Irmã Clara, Elizabeth Teixeira, diz "não ter conhecimento" das doações de 40 vestidos que teriam sido feitas à entidade pela primeira-dama. De acordo com Elizabeth, a FIC recebeu um telefonema de Lu Alckmin na terça, 28, dois dias após a Folha ter publicado reportagem com as revelações do estilista. A primeira-dama disse a ela que faria uma doação. "Foram dez vestidos de festa", afirma Elizabeth, entregues todos no mesmo dia. "Que eu saiba, foi a primeira doação de vestidos."


As doações feitas pelo estilista a Lu repercutiram de forma negativa entre os aliados de Alckmin. O prefeito do Rio, Cesar Maia (PFL), por exemplo, afirmou: "Imagine o tamanho de um armário para guardar tudo isso". Para Maia, que já defendeu o impeachment de Luiz Inácio Lula da Silva porque a primeira-dama, Marisa Letícia, recebeu 27 tailleurs de graça de um estilista, "é claro que a senhora Lu Alckmin deve prestar todas as informações, pois não foi na condição de pessoa física que recebeu tantos regalos".


"Eu tenho a prova de que foram feitas mais de 400 peças de roupa", diz Figueiredo. "Foram quatro anos [de 2001 a 2005], ela não tinha nem o que vestir. Só de tricôs e casaquinhos foram mais de cem. Vestidinhos básicos, milhares. Ela nunca pagou nada."


Sua sócia, Kátia Grubisich, mulher de José Grubisich, presidente da Braskem, confirma que o estilista fala a verdade. "Está chato para ela [Lu Alckmin], não é? Eu sinto muito. O assunto tomou um rumo diferente, virou político." Kátia é sócia de Figueiredo desde maio de 2005.

LEIA NO PRÓXIMO POST A RESPOSTA DA ASSESSORIA DA SRA. CHUCHU



Escrito por NOOS às 12h31
[] [envie esta mensagem]


 
  

EU TE DISSE!!!

 

Eu não disse que quem vai mandar em São Paulo, a partir de agora, é o PFL. Isso mesmo, São Paulo passa a ser governada por gente do tipo do ACM e do Bornhausen. Tudo isso, claro, graças à sanha de poder do PSDB do Serra e do Alckmin.

 

Veja o PFL se antecipando ao anúncio e já pondo as manguinhas de fora.

 

 

 

PFL JÁ ANUNCIA SAÍDA DE SERRA E POSSE DE KASSAB

Da RedaçãoUOL Notícias – Política – 31/03/2006 – 10h59

O site do PFL já anunciava, às 10h da manhã desta sexta-feira, a saída do prefeito José Serra (PSDB) para a posse do vice pefelista Gilberto Kassab na prefeitura de São Paulo. O anúncio oficial da saída de Serra da prefeitura deve ocorrer no final da tarde desta sexta-feira. Serra será anunciado como o nome tucano para concorrer ao governo paulista.

A posse de Cláudio Lembo no lugar de Geraldo Alckmin, que concorre à Presidência pelo PSDB, também está confirmada para esta sexta-feira, segundo o site.

Com a chegada de Kassab e Lembo, o PFL passa a administrar o segundo e o terceiro maiores orçamentos do País --os orçamentos do governo de São Paulo e da cidade de São Paulo só ficam atrás do Orçamento da União.

Veja também no sítio do PFL clicando aqui.



Escrito por NOOS às 12h15
[] [envie esta mensagem]


 
  

NÃO ACREDITO EM BRUXAS, MAS QUE ELAS EXISTEM...

 

 

O Jornal Tribuna, de Betim – MG, republica matéria (2005) de um grupo que se auto-denomina “JIBRA – Jornalistas Independentes do Brasil “ dando conta de um Golpe de Estado que está(ava) sendo gestado em nosso país. Os detalhes, bem como os golpistas, são escancarados.

 

Não sei se é verdade ou mentira, mas alguns fatos – como o filho bastardo de FHC – já são de conhecimento de todos. Então, se de todo não for verdadeiro, pelo menos em parte o é.

 

Leia o teor clicando aqui.



Escrito por NOOS às 12h04
[] [envie esta mensagem]


 
  

VEJAM QUEM JÁ ESTÁ FREQUENTANDO ESTAS BANDAS!!!

 

Os novos mandatário de São Paulo (Kassab, Bornhausen e Claudio Lembo) se reunem e definem o futuro da cidade e do estado.

 

Pois é, eu não falei!? Graças aos amigos tucanos estamos recebendo visitas ilustres.

 

Dois dias antes de tomarem posse os dois novos mandatários do 2º. e 3º. orçamentos do Brasil (Estado de São Paulo e Município de São Paulo) já está freqüentando os gabinetes o Sr. Bornhausen [clique aqui e conheça um pouco mais das peripécias desse ilustre fascista], que em última análise é quem manda a partir de agora.

 

Valeu Serra, Valeu Alckmin! Esse é o maior legado que deixarão para as futuras gerações de São Paulo (Estado e Município): um mandatário fascista!



Escrito por NOOS às 11h11
[] [envie esta mensagem]


 
  

CHEGA DE PAPAGAIADA!!!



Aliás, chega dessa papagaiada de moralidade. A bola da vez e que deveria ser a de sempre é a da justiça social. Quem tem rompantes de moralidade são os mimadinhos da Daslu. A molecada que vive na periferia e quer entrar na universidade pública preferia que o PFL e o PSDB parassem de atrasar a votação do projeto que institui cotas para quem vem da escola pública. O banho que o Brasil precisa é de justiça social, mas para quem tem guarda-roupa que cabe só da esposa 400 modelitos de um único estilista, quando ouve isso deve achar mais engraçado do que a cara do Bussunda. [LEIA O ARTIGO COMPLETO CLICANDO AQUI]



Nota do Blog: Perfeito. Sem mais comentários.

Escrito por NOOS às 16h39
[] [envie esta mensagem]


 
  

BRIGAS INTERNAS!!!

 

Eu me lembro da época em que a imprensa e os anti-petistas (os mesmos de sempre) criticavam os processos de discussão interna do PT para se tomar as decisões.

 

‘Reunismo’, brigas, indecisão, cisão, tendências que atrapalham etc., tudo isso era dito.

 

Há pouco os tucanos ficaram três meses para decidir quem seria o candidato a presidente, nenhum filiado foi consultado, a não ser os cardeais, e nenhuma crítica a isso.

 

Agora é a vez da briga Serra X José Inábil (ops!) Aníbal. A imprensa apenas se dá o trabalho de noticiar. Mas, já que o tratamento é desigual esse Blog cobra mesmo.

 

Veja o que diz inábil (ops!) Anibal à agência Estado:

 

 

ANÍBAL REITERA PRÉ-CANDIDATURA: RENÚNCIA DE SERRA É ERRO

 

 

Último Segundo – IG - Agência Estado - 13:13 30/03/2006

 

O vereador José Aníbal, que figura entre os nomes do PSDB interessados em disputar o governo do Estado de São Paulo nas próximas eleições, reiterou hoje que mantém sua pré-candidatura, mesmo que o prefeito paulistano, José Serra (PSDB), renuncie ao cargo para concorrer à vaga. Desta vez, no entanto, começou a falar na possibilidade de entendimento dentro da legenda em torno de um único nome, sem que seja necessário chegar a prévias para firmar escolha.

"Eu, já na candidatura presidencial, dizia: 'Se for possível chegar a uma convergência, muito bem. Se não for, vai ter que haver disputa.' Do mesmo modo, agora", comentou o vereador. Aníbal ressaltou, no entanto, que, até agora, não falou com Serra sobre a corrida estadual, mas se mostrou disposto a conversar sobre o assunto.

Por enquanto, de qualquer forma, a idéia do vereador é manter seu nome à disposição do partido. Segundo ele, a decisão se explica pelo fato de ser contrário à renúncia de Serra à prefeitura de São Paulo. "Eu acho um erro essa renúncia e mantenho a pré-candidatura", afirmou. [o grifo é meu]



Escrito por NOOS às 15h45
[] [envie esta mensagem]


 
  

NOTA SOBRE O POST ANTERIOR!!!

 

Não podemos nos esquecer também que graças aos tucanos teremos que agüentar o PFL por essas bandas. Isso mesmo, um partido inexistente em nosso estado, tendo em suas fileiras os maiores caciques e coronéis da política nacional e, devido à irresponsabilidade e sanha de poder dos tucanos, chefiará o governo do Estado mais rico da federação. Além, é claro, da maior cidade do país e da América Latina, já que tudo indica que o Vampirão será o candidato da aliança ‘social/liberal/democracia’ para suceder o Chuchu (pfff) e seu vice será nosso prefeito.

 

Só para lembrar:

 

O Vice do ‘chuchu’ é o Sr. Cláudio Lembro. Será o ‘picolé de chuchu’ substituído pelo ‘picolé de água’. Isso mesmo, água: inodora, incolor e insípida (menos a do Tietê, é claro! Esse, mesmo após milhares de dólares dos contribuintes gastos continua com sua água mal cheirosa, colorida e, bem, o gosto é melhor nem saber. Mais uma herança deixada por Alckmin)

O Vice do ‘Vampirão’ é o Sr. Gilberto Kassab. Outro político de bastidor. Aliás, sem perda de tempo, vamos rememorar o que já foi dito sobre ele - neste Blog: DÓLARES PARA KASSAB!!! – na Imprensa em geral: Livro aberto - Juíza de SP decreta quebra de sigilo bancário de Kassab.

 

SAI DE RETRO SATANÁS!!!



Escrito por NOOS às 12h15
[] [envie esta mensagem]


 
  

16 ANOS DEPOIS...

 

É isso mesmo! Após 16 anos de governo tucano (Montoro, Covas e, finalmente, Chuchu) o atual/ex-governador/candidato a presidente Geraldo “picolé de chuchu” Ackmin, vai nos deixar como herança – além das rebeliões nos presídios e uma vergonha chamada FEBEM – 76 (setenta e seis) ESCOLAS DE LATÃO.

 

Leia abaixo matéria da Folha de São Paulo sobre isso:

 

 

EDUCAÇÃO

Governador renunciará ao cargo para disputar eleição sem ter substituído todos os prédios provisórios, quentes e barulhentos

ALCKMIN DEIXARÁ 76 ESCOLAS DE LATÃO EM SP

 

Por: DANIELA TÓFOLI - DA REPORTAGEM LOCAL

Christian da Silva, 12, mal consegue ouvir o que seus professores falam. Ariele Ribeiro, 9, até que escuta, mas não consegue se concentrar por mais de 15 minutos na aula tamanho é o calor. Os dois freqüentam escolas estaduais de latão na zona sul de São Paulo e sonham com colégios de verdade. Em todo o Estado, há 76 unidades feitas de material metálico.

A previsão mais otimista é que em apenas três anos todas terão sido substituídas (se a nova secretária de Educação, Maria Lúcia Marcondes Carvalho Vasconcelos, aprovar o cronograma de obras), mas há diretoras que só esperam a desativação em 2010.
Entre 98 e 2002, as gestões de Mário Covas e Geraldo Alckmin (PSDB) construíram 150 colégios provisórios de latão. São prédios feitos de chapas metálicas, que abrigam no mínimo 800 alunos e que esquentam muito no verão e são frios demais no inverno.

Alckmin, que vai deixar o cargo para disputar a sucessão presidencial, parou de fabricá-las em 2002, mas desativou apenas 74 delas em seu governo. A substituição de cada prédio custa cerca de R$ 1,5 milhão.
As escolas de latão foram construídas para substituir as escolas de latinha, feitas entre 1978 e 1996 para suprir rapidamente a demanda, principalmente nas áreas de mananciais. A diferença entre elas é que as de latão possuem uma estrutura mais resistente e têm pé-direito mais alto que as de latinha, aumentando a circulação do ar. Ambas, no entanto, apresentam problemas térmicos.

Estudos
Enquanto a desativação total das escolas de latão não ocorre, na tentativa de diminuir o desconforto dos alunos e melhorar a aprendizagem, o governo contratou o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) para fazer uma série de estudos sobre a construção de escolas e pediu que fosse efetuada a medição térmica dentro das unidades de latão.


O relatório final será entregue nos próximos dias, mas os técnicos da secretaria, em conversas com o instituto, já resolveram adotar algumas medidas para melhorar a condição das escolas.


"Mudaremos o isolante térmico dos telhados para reduzir o calor e devemos implantar a ventilação cruzada [sistema que prevê janelas no lado externo do colégio em uma das paredes da sala de aula e, na parede oposta, pequenas janelas perto do teto abertas para o corredor interno]", afirma Jaderson Spina, diretor de obras da Fundação para o Desenvolvimento da Educação -órgão da secretaria.


A ventilação cruzada, no entanto, só dá certo em cidades que não são muito quentes. "Onde faz muito calor, precisamos também de ventiladores industriais, por exemplo, para ter resultado", diz Spina. "De qualquer forma, essas medidas não vão atrapalhar o andamento das aulas e melhorarão as condições térmicas."


Estudante da sexta série da Escola Estadual Jardim Moraes Prado 2º, que tem 1.600 alunos, Christian quer apenas conseguir entender o que os professores dizem. "A voz fica tão abafada que quem senta atrás não ouve nada", conta. Sua escola foi inaugurada em 2002, segundo a placa prateada que fica na entrada do prédio.


Placa semelhante está na Jardim Varginha 3º, com data de 2001. Lá, segundo os estudantes, o calor é maior porque alguns ventiladores estão quebrados e outros foram roubados. "Aqui roubam tudo, até filtro de água", conta a mãe de Ariele, Francisca Ribeiro, 34. "Queria colocar minha filha em outra escola, mas não tem vaga. Ela reclama todo dia do calor e, quando chove, do barulho."


A Jardim Varginha está toda pichada, é abafada e tem espaços mal iluminados. Segundo a direção, não há ventiladores quebrados nem roubados. Mas Antônia dos Santos, 39, mãe de dois alunos do colégio, confirma a falta de ventilação. "Tem criança que chega a passar mal na aula. Não vejo diferença entre escola de latinha e de latão. As duas são um horror."



Escrito por NOOS às 12h13
[] [envie esta mensagem]


 
  

PIB SOMA R$ 1,937 TRILHÃO E BRASIL TORNA-SE 11ª MAIOR ECONOMIA DO MUNDO


Trecho da matéria de CLARICE SPITZ - da Folha Online, no Rio (30/03/2006 - 09h41)

 

“O PIB (Produto Interno Bruto, soma das riquezas produzidas por um país) brasileiro totalizou R$ 1,937 trilhão no ano de 2005, segundo dados divulgados hoje pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

No quarto trimestre, o PIB totalizou R$ 521,9 bilhões, contra R$ 478,3 bilhões no quarto trimestre de 2004. O crescimento do PIB em 2005, divulgado há cerca de um mês, foi de 2,3%, pouco mais da metade da média mundial estimada pelo FMI para o ano passado (4,3%).

Convertido em dólares, e considerando que em média a moeda norte-americana foi negociada a R$ 2,4341 no ano passado, o PIB alcançou US$ 795,776 bilhões e o Brasil saltou da 15ª para a 11ª posição no ranking das maiores economias do mundo, segundo análise feita pela Austin Rating a partir de dados de 155 países disponibilizados pelo FMI.

Em relação a 2004, o Brasil ultrapassou Índia, Austrália, Holanda e México, voltando a ocupar o posto de maior economia da América Latina...”



Escrito por NOOS às 11h14
[] [envie esta mensagem]


 
  

SEM PROVAS CONTRA LULA

 

O relatório da CPI dos Correios não encontrou provas de omissão ou de responsabilidade no presidente Lula e lhe dá um trunfo na campanha da reeleição: investigaram e não encontraram. Para a oposição, isso não vai ficar assim, ainda resta a CPI dos Bingos, que vai até 10 de abril onde eles prometem não dar descanso ao Presidente Lula, avisa Arthur Virgilio e cia cães de guarda,- Leia- se Acm Neto, Eduardo Paes, Alvaro Dias- .


Alguns Jornalistas começam a perceber o golpe orquestrado por PFL e PSDB. Ontem Hildegard Angel, publicou no Jornal do Brasil uma matéria dedicado ao tema. Hoje foi a vez do Jornalista Eliakin Araujo escrever o artigo NÃO AO GOLPISMO (leia abaixo), pelo visto, não vai demorar muito para cair a máscara da oposição golpista.

 

Obs: Copyleftado do Blog Amigos do Presidente Lula

 

 

NÃO AO GOLPISMO

 

Por: Eliakin Araújo

 

Há um visível clima de golpe no ar. De maneira aparentemente orquestrada, a Folha de SP da terça-feira, colocou todos os seus colunistas e colaboradores a serviço da derrubada do governo Lula.

Dentre todos, destaque para Boris Casoy. Com seu velho e surrado chavão "é uma vergonha", voltou à casa paterna, aquela que sempre lhe deu guarida, e destilou todo seu ódio contra o presidente e o Partido dos Trabalhadores, dos quais sempre foi adversário ferrenho, mesmo antes da posse do atual governo petista. As expressões usadas por Boris são eivadas de passionalismo, como se colocasse pra fora todo veneno acumulado nesses meses em que ficou fora da mídia.

O que se nota nele e em boa parte da mídia é a preocupação em jogar no presidente a culpa de todas as mazelas cometidas por seus auxiliares. Não se trata aqui de acobertar qualquer tipo de desonestidade praticada por membros do seu governo. Se ficar provado que Palocci frequentava a casa do lobby de Ribeirão Preto, ele já é passível de punição por ter mentido perante a CPI. Se participou de negócios e/ou negociatas, mais grave ainda. Que a mão pesada da lei caia sobre ele. Que vá para a cadeia purgar pelo crime que cometeu.

Mas essa parte da mídia, aparentemente comprometida com setores que querem ver o país entrar num perigoso processo de desgaste, não está preocupada com a tranqulidade das instituiçoes e pedem abertamente o impeachment de Lula, o presidente legitimamente eleito por mais de 53 milhões de eleitores.

Não é hora de colocar mais lenha na fogueira. Ao contrário, a hora é de apagar o incêndio e deixar que o Congresso cumpra seu dever de apurar todas as denúncias e punir exemplarmente os que abusaram da confiança dos cidadãos. Sem essa de pressionar os parlamentares taxando-os como “cúmplices”, se não iniciarem imediatamente o processo de impeachment contra o presidente. Isso é golpismo que só interessa à turma do quanto pior melhor e, evidentemente, à oposição que até agora não conseguiu reunir forças para impedir a reeleição de Lula.

É preciso cuidar para não colocar o país numa crise institucional que um processo de impeachment fatalmente acarretaria. O que deve prevalecer, numa hora delicada como a atual, é o bom senso. Decisões tomadas em clima de paixão e pressão nem sempre são as mais acertadas. O país precisa de calma e tranquilidade e respeito às instituições para poder trabalhar em paz.

Civilizadamente, com ordem e progresso.

Sobre o autor do texto: Ancorou o primeiro canal internacional de notícias em língua portuguesa, a CBS Brasil.Foi Âncora dos jornais da Globo, da Manchete , SBT e do Noticiarista JB.

Escrito por NOOS às 10h58
[] [envie esta mensagem]


 
  

A BAGUNÇA JÁ COMEÇOU. O PSDB VAI NOS DEVER ESSA!!!

 

VEREADORES JÁ PRESSIONAM KASSAB POR CARGOS

 

Parlamentares apostam que vice, se assumir, tentará evitar problemas a qualquer custo para não prejudicar Serra

Por: CONRADO CORSALETTE - FABIO SCHIVARTCHE

DA REPORTAGEM LOCAL


Vereadores de São Paulo já iniciaram pressões para obter mais cargos na administração caso o prefeito José Serra (PSDB) se candidate ao governo do Estado e deixe o comando da cidade para seu vice, Gilberto Kassab (PFL).


Os parlamentares apostam que o pefelista pode ceder porque tentará evitar qualquer problema neste ano, já que crises na gestão respingariam diretamente na eventual candidatura a governador de Serra. Além disso, acreditam num maior poder de barganha pelo fato de Kassab não ter a envergadura política do tucano.


Hoje, a influência da maior parte dos aliados do prefeito na Câmara ocorre principalmente nos cargos de terceiro escalão. Com a eventual saída de Serra, parlamentares querem não apenas ampliá-los, como também fazer indicações para o secretariado.


O tucano não confirma publicamente que deseja concorrer ao governo do Estado. Mas aliados do prefeito dizem que o anúncio pode sair entre hoje e amanhã. O prazo legal para ele se desincompatibilizar do posto é sexta-feira.


Entre os cargos de primeiro escalão cobiçados estão a Secretaria dos Transportes e a da Assistência e Desenvolvimento Social. Essa última, por exemplo, é pretendida pela vereadora Bispa Lenice, da igreja Renascer. Ela foi eleita pelo PV e está hoje no PFL de Kassab.


Nos bastidores, recados já foram enviados ao atual secretário, o tucano Floriano Pesaro, e ao próprio vice-prefeito. Pesaro, porém, não pretende, segundo interlocutores, abrir mão do cargo, para o qual foi indicado por Serra.


Outras vagas desejadas por vereadores são as dos subprefeitos que deixarão os cargos para concorrer à Assembléia Legislativa. Devem sair os titulares das subprefeituras de Capela do Socorro, São Miguel Paulista, Guaianases e Santo Amaro. Outros dois subprefeitos, de Pinheiros e Vila Mariana, devem ser transferidos para cargos da própria administração.


A principal forma de pressão dos vereadores ocorre quase sempre nas votações de projetos do Executivo. Em seus primeiros meses de governo, sem ter maioria na Câmara, Serra viu suas propostas prioritárias paralisadas.


O prefeito só conseguiu aprová-las depois de negociar cargos de terceiro escalão e sancionar projetos apresentados pelos parlamentares. Teve também de conversar com o "centrão", um grupo que reúne vereadores de partidos como PP, PL, PTB e PMDB e que tem mantido os trabalhos da Câmara Municipal em compasso de espera nas últimas semanas.


Em uma outra forma de pressionar o Executivo, o "centrão" tem feito seguidos convites ou convocações de secretários para prestarem "esclarecimentos".


Recentemente, foram chamados os titulares das pastas de Finanças, Mauro Ricardo Costa, e Transportes, Frederico Bussinger.


Dois vereadores que participam ativamente das comissões que convocaram secretários de Serra são Antônio Carlos Rodrigues (PL) e Adilson Amadeu (PTB) -dois líderes informais do "centrão" que desde o ano passado têm mantido um relacionamento estreito com o vice-prefeito.

Blindagem


Serra pretende manter pessoas de sua confiança em postos-chave da administração até o fim do ano. Pelo acordo informal já firmado com o tucano, só depois disso é que Kassab terá mais autonomia para montar sua equipe.


Sob anonimato, um vereador do "centrão" admite que, dentro do grupo, o comentário é que o governo Kassab começará de fato a partir do ano que vem.


Kassab tem dito informalmente que tentará fechar acordos em bloco para diminuir o poder dos vereadores. Quer evitar atender a demandas pessoais e priorizar entendimentos partidários. Avalia que isso diminuiria as chances de ele se tornar refém da Câmara.

 

São Paulo, terça-feira, 28 de março de 2006 – Folha Cotidiano

Escrito por NOOS às 12h10
[] [envie esta mensagem]


 
  

MENSALÃO DO ALCKMIN!!!! - continuação...

E O GOVERNADOR?

 

Irritado, o governador, com a arrogância típica dos tucanos, disse que não vai mandar investigar o assunto. E ponto final.  (Não) “há ingerência em banco público...”

 

Indagado a respeito, o prefeito de São Paulo, José Serra, foi igualmente sucinto e arrogante: "Eu não sei de nada, não li os jornais". E ponto final.

E A OPOSIÇÃO?

 

Continua com suas declarações e atitudes golpistas, vejam:

 

“Se a oposição tiver juízo, agora é a hora de apurar tudo até o fim, chegue ou não ao presidente Lula. Não podemos nos contentar, no caso Francenildo, com a demissão de Palocci, e de Matoso.. Não há mais como esperar novos elementos para responsabilizar Lula. Ele tem pecados que recaem sobre ele por várias gerações.” – ACMinho.

 

Lula prestaria um grande serviço à nação se desistisse da eleição e nomeasse um Ministério de notáveis até o final do mandato, mas como não deverá fazer, o jeito e detona-lo.José Carlos Aleluia (PFL-BA) – Grifos meus

 

Vejam: O que importa para a oposição são as ELEIÇÕES, ou melhor, vencê-las a todo custo. Mesmo que ao custo de desestabilizar um governo e um país. Isso é golpe de Estado sim! De novo tipo, mas que é golpe é.

 

 

ENQUANTO ISSO NO REINO ENCANTADO DOS TUCANOS....

 

O estilo refinado Daslu


Rogério Figueiredo, estilista da Lu Alckmin, contou para a colunista da Folha que doa tudo para a primeira dama de São Paulo. "Suas roupas são todas de tecido importado". Chic.

"Já presenteei-lhe 400 peças", confessou, e em seguida acrescentou que o preço de cada roupa varia entre 3 e 5 mil reais.

Dei-me ao trabalho de calcular as 400 peças por uma média de 4000 cada uma. E fiquei abobalhada ao constatar a astronômica doação de 1.600.000,00 reais.

Nada como a bondade do Rogério que certamente tem uma árvore no quintal de sua casa onde nasce dinheiro. É, porque alguém tem que pagar o luxo exorbitante da Lu Alckmin.



Escrito por NOOS às 11h36
[] [envie esta mensagem]


 
  

MENSALÃO DO ALCKMIN!!!!

 

O PSDB deveria deixar de ‘falso moralismo’, deixar o governo Lula em paz e se preocupar com o seu ‘MENSALÃO’. Isso mesmo, tem mensalão já comprovado no governo do Estado de São Paulo, do candidato a presidente Geraldo ‘picolé de chuchu’ Alckmin. Isso mesmo, comprovado, pois há um deputado dizendo que foi procurado ‘diretamente’ pelo candidato, à época governador do Estado de São Paulo.

 

Não seria de se pedir o impeachment do governador, ou será melhor ‘sangrá-lo’ até as eleições?

 

leia aqui tudo o que está acontecendo

 

  1. A matéria que deu origem a série:

Folha Online - 26/03/2006 - 09h16  - Banco estatal beneficiou aliados de Alckmin

 

  1. Outros veículos: 

Terra – Brasil – 25/03/2006 – 19h23 - SP: banco do Estado teria beneficiado aliados de Alckmin

 

  1. A reação imediata do governador e seus aliados:

Folha Online - 26/03/2006 - 09h15  - Governo de SP e banco negam favorecimento

 

  1. Ontem a confirmação:

Terra – Brasil – 27/03/2006 – 16h27 - Deputado diz que Alckmin prometeu verba

 

   5. Ontem, ainda, a confissão:

 

Folha Online - 27/03/2006 - 17h43  -  Assessor especial de Alckmin pede demissão após denúncia

 

Continua....



Escrito por NOOS às 11h34
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO
 04/03/2007 a 10/03/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 26/11/2006 a 02/12/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 06/08/2006 a 12/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 23/07/2006 a 29/07/2006
 16/07/2006 a 22/07/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 23/04/2006 a 29/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 26/03/2006 a 01/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005



OUTROS SITES
 Cozinha Experimental
 Hipopótamo Zeno
 Sampa.Org
 O Escriba
 Lusofolia
 Caros Amigos
 Carta Capital
 Observatório da Imprensa
 Novae
 A Rede
 Rede Saci
 Amigos do Presidente Lula
 Picolé da Ki-Ruim
 ForumID
 NOOSFERA ANTIGO
 Saravá Club
 Cápsula da Cultura
 Musicoteca
 Violão Velho
 Vinil Velho
 Rock'n'roll
 Opus 666
 Música do Bem
 Mercado de Pulgas
 Loud
 Feijão tropeiro
 Brazilian Nuggets
 Acesso Raro
 8 Days In April
 Porque dinheiro não é tudo
 .:: Oxelfer Blog News ::.
 360 graus
 Gambrinus MP3




 

 

 TecnoBlog.net - Tops Blogs