NOOSFERA
  

DEVOLUÇÃO DO MANDATO!!!

 

Mesmo sendo petista filiado não sou daqueles que querem a pizza, já deixo explicado para não virem me criticar sem entender o que quero dizer; mas senão, vejamos:

1. Zé Dirceu foi cassado acusado de ser o 'operador do mensalão', então os acusados como receptores do mensalão têm que ser cassados também, certo?

2. Brant e Luisinho foram absolvidos, o mesmo parece que vai acontecer com o João Paulo e outros.

Ou seja, no fim só serão cassados Dirceu e Jeff. O Acusado de ser o operador e o que fez a denúncia. Mas, pergunto: existe corruptor sem corrupto? E já respondo: Não!

Então meus caros, o Zé Dirceu não foi cassado pelo mensalão, mas sim pelos inimigos que fez no período que estava em Brasília; e, se isso for verdade, e continuarem a absolver os denunciados, não houve mensalão, Zé Dirceu - por seu turno - não pode ser operador daquilo que não existiu (mensalão). Então, o mandato dele terá que ser devolvido.

É a desmoralização completa dessas CPIs e dessa comissão de ética.



Escrito por NOOS às 16h24
[] [envie esta mensagem]


 
  

PERDERAM A VERGONHA DE VEZ!!!

 

Eu poderia escrever aqui um tratado sociológico sobre liberdade de expressão, liberdade de imprensa e jornalismo ético para tratar do editorial do Estadão de hoje (08/03/2006) que, IMPLORA, PAUTA, PEDE ENCARECIDAMENTE, APELA ÀS MENTES ILUMINADAS DO PSDB, que lancem mão da candidatura do atual prefeito de São Paulo José Serra ao governo do Estado de São Paulo. Não vou fazê-lo. Já cansei de dizer que essa coisa de imprensa livre é ‘papo pra boi dormir’, que isso só existe em livros de sociologia, que aqui – nesta "republiqueta de bananas", povoada por uma elite golpista e preconceituosa que se recusa a largar o osso – Tocqueville coraria de vergonha.

O ‘jornalão’ tem todo o direito de expressar sua opinião e tomar partido-    nós aqui neste humilde espaço o fazemos e queremos que todos tenham esse ‘sagrado’ direito- agora, não me venham depois com a hipocrisia de dizer que teve uma cobertura isenta, que seu jornalismo e sua linha editorial são isentos e pautados pela informação e pelo interesse do leitor e da sociedade.

Basta de hipocrisia. Assumam já que são um panfleto do PSDB/PFL e ponto.

 

Caso tenha estômago leia aqui o editorial

 

Tem também artigo do José Nêumanne no mesmo Estadão e fazendo os mesmos apelos.

 

Em tempo: Como a liberdade que eles pregam é para acumular capital, somente os que são assinantes poderão acessar as matérias. Eu, de meu turno, não vou reproduzi-los aqui. É perda de tempo e de espaço.

 



Escrito por NOOS às 11h11
[] [envie esta mensagem]


 
  

MAIS UM ESQUECIMENTO DA IMPRENSA GOLPISTA!!!

Por que será que a imprensa sempre coloca na geladeira as notícias contrárias à oposição golpista. No caso das notícias contrárias ao governo e ao PT, chegam a requentá-las. Mas, nós não deixamos a ‘peteca cair’ e de tempos em tempos vamos relembrando coisas esquecidas por nossa ‘imparcial imprensa’. Como o caso Previ já esta caindo no esquecimento, ou melhor, só é lembrada a parte que interessa aos golpistas, vejamos o que publicou o jornal do Brasil ( 03/03/2006) sobre a CPI dos Correios e o que ela descobriu sobre o (des)governo FHC:

CPI MIRA LULA E ATINGE FHC

 


Por: Hugo Marques

Colocadas no centro das investigações da CPI dos Correios pela oposição para, entre outros motivos, arranhar a imagem do governo Lula, as operações da Previ - fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil -acabaram atingindo em cheio a gestão do ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso. A sub-relatoria de Fundos de Pensão, que no mês passado divulgou relatório assinalando aplicações de R$ 60 milhões da Previ nos bancos BMG e Rural neste governo, acaba de receber documentos demonstrando que três dos maiores investimentos da fundação acumulam prejuízo acima de R$ 1,5 bilhão na era FH, segundo documentos da própria Previ, que chegaram às mãos de alguns parlamentares.

Entre os maiores prejuízos estão os investimentos no Complexo Turístico do Sauípe, na Bahia, onde a Previ investiu R$ 1,018 bilhão - via carteira de investimento do complexo hoteleiro - e hoje amarga um prejuízo de R$ 846 milhões. Outro rombo nas contas da Previ foi o investimento no Hospital Umberto Primo, em São Paulo. Com investimentos de R$ 240 milhões na carteira de terrenos e imóveis em construção, a Previ acumula um prejuízo de R$ 206 milhões com o hospital.

Na lista de grandes prejuízos também estão computados os desembolsos na Santa Catarina Participações e Investimentos, para projetos de infra-estrutura no estado, que hoje somam provisões para perdas no valor de R$ 600 milhões.

O histórico de todos os grandes investimentos da Previ estão detalhados na documentação que chegou ao Congresso. A Previ confirmou ontem os prejuízos milionários no governo passado. O valor de mercado do complexo de Sauípe, calculado pela Previ, é de R$ 171 milhões. Significa que, mesmo se todo o complexo fosse vendido, a Previ resgataria apenas 16,7% do que foi investido.

O protocolo de entendimento para a construção do Complexo Turístico do Sauípe foi assinado pela Previ em 5 de dezembro de 1997, com a Fontecindam Participações e a construtora Norberto Odebrecht. Uma das assinaturas de testemunhas do protocolo é atribuída ao senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA), avô do sub-relator de Fundos de Pensão, Antonio Carlos Magalhães Neto (PFL-BA). A assessoria do senador informou que ontem ele estava a bordo de um avião dos Estados Unidos para o Brasil e que posteriormente vai se pronunciar sobre o protocolo de Sauípe.

Cinco meses antes da assinatura do protocolo para a construção de Sauípe, o governo da Bahia enviou ofício ao então presidente da Previ, Jair Bilachi, a quem cumprimentava ''pela decisão'' de investir no complexo turístico.

Os primeiros registros da venda do hospital Umberto Primo para a Previ são de 1993. Naquele ano, um parecer assinado pelo assessor da Diretoria Técnica da Previ, Álvaro Germano Albernaz, detalhava a situação do hospital, interditado pela Vigilância Sanitária por falta de higiene e limpeza. O hospital acumulava um passivo de R$ 37 milhões.

Álvaro Germano assegura, em seu parecer que o então deputado tucano José Serra (PSDB), hoje prefeito de São Paulo, ''prontifica-se, como já vem fazendo, a manter contato com órgãos e instituições públicas a fim de encaminhar soluções passíveis'' para o problema vivido pelo hospital. Informalmente, Álvaro ficou sabendo que, por ''intervenção do deputado José Serra'', uma comissão de representantes do hospital foi recebida no mesmo dia pelo presidente do Banco do Brasil, ''que teria se comprometido a obter auxílio junto à Fundação Banco do Brasil, para contratar o referido estudo de viabilidade'' desse mesmo hospital.

Em outubro de 1996, foi assinado protocolo de intenções para a compra do hospital. O sistema de contabilidade gerencial da Previ registra um valor de mercado de R$ 34 milhões para o hospital. Até agora, foram feitos desembolsos que, corrigidos, somam R$ 240 milhões.

A assessoria do prefeito José Serra solicitou que as perguntas fossem enviadas por mensagem eletrônica. No início da noite, a assessoria de Serra pediu também cópia do parecer da Previ, enviada pelo Jornal do Brasil. O prefeito não se pronunciou sobre o assunto.

Os prejuízos da Previ foram tema de debates ontem, na sub-relatoria de Fundos de Pensão da CPI dos Correios. A senadora Ana Júlia Carepa (PT-PA) questionou os prejuízos de ''centenas de milhões'' em Sauípe. Para a senadora, é importante esclarecer estes prejuízos milionários, no momento em que os fundos de pensão são questionados por eventuais operações irregulares para financiar o mensalão.

 

Comentário do BLOG: Quem não acredita em golpe da imprensa, da oposição (direita golpista), leia a coluna do Mainardi na Veja neste final de semana. Ele, descaradamente, defende golpe, derrubar o governo Lula. Procurem, não vou reproduzir um lixo desses. A Veja está passando dos limites, depois reclamam!

Escrito por NOOS às 12h24
[] [envie esta mensagem]


 
  

ISSO QUE É ‘CUIDAR’ DA COISA PÚBLICA

O eterno candidato a presidente da república, ‘vampirão’ da previdência e atual prefeito de São Paulo (esperamos que até o final de seu mandato), Sr. José ‘Burns’ Serra, parece que anda dormindo.

O impoluto administrador, zeloso e profundo conhecedor da administração pública, parece que precisa dormir mais cedo para se manter acordado durante o dia, senão ‘come umas grandes moscas’ (ou será que ele sabia e não é tão impoluto assim?), vejam o que publicou a Folha de São Paulo no último dia 06/03/2006:


GESTÃO SERRA CONTRATA CIRCO POR R$ 4 MILHÕES

 


Por: José Ernesto Credendio

A Prefeitura de São Paulo contratou por R$ 4,16 milhões, sem concorrência, um circo para oferecer espetáculos aos alunos da rede municipal. A gestão José Serra (PSDB) incluiu nesse pacote gastos com o transporte dos estudantes -ato irregular, segundo especialistas em licitações.

O
montante a ser gasto supera o que a Secretaria Municipal da Educação aplicou em 2005 com lazer -R$ 4,082 milhões.

O acerto foi assinado sem licitação porque a prefeitura alegou que o Spacial era "consagrado pela crítica especializada ou pela opinião pública", condição em que a concorrência pode ser dispensada. O acordo prevê 130 espetáculos neste ano e o transporte dos alunos da escola até o local do show. Os ônibus foram contratados diretamente pelo Spacial.

Até 8 de novembro, pelo contrato assinado pela gestão Serra, 351 mil alunos terão assistido às apresentações do circo, o que significa um custo de R$ 11,85 por criança.

Há indícios de irregularidades no contrato, afirmaram três advogados especialistas em licitações ouvidos pela Folha sem que fosse revelada a prefeitura envolvida.

Toshio Mukai, doutor em direito pela USP e um dos maiores especialistas do país na matéria, diz que a prefeitura não poderia contratar o Spacial diretamente, pois o circo não pode ser considerado "consagrado" pelo público, como exige a Lei das Licitações. E o transporte não poderia ser inserido, já que são serviços distintos. "Com esse valor, só se fosse o Roberto Carlos ou Chitãozinho & Xororó. E são dois objetos diferentes [circo e transporte], são serviços divisíveis. Está errado."

O advogado Luiz Eugenio Scarpin concorda. "O transporte não faz parte do show. A lei permite que só o artista seja contratado sem licitação", diz. "Levar e trazer crianças não poderia ser incluído na dispensa da licitação." Para Ariosto Peixoto, a questão da consagração pública é polêmica, mas não há dúvida quanto à irregularidade da inclusão do transporte. "É indiscutível a questão do transporte. Não é uma atividade ligada ao circo", afirmou.

Segundo Peixoto, é impossível incluir esse tipo de serviço de transporte como "notória especialização", alegação que desobrigaria a prefeitura a fazer licitação.

O contrato foi publicado no "Diário Oficial da Cidade" de 18 de fevereiro deste ano. Até então, em acordos semelhantes, a prefeitura contratava o circo, mas não incluía o transporte no pacote.

No programa Recreio nas Férias, por exemplo, a prefeitura pagou a um circo R$ 108 mil por 30 espetáculos para 30 mil crianças. Ou seja, R$ 3,60 por criança.

O transporte foi contratado pela prefeitura por meio de licitação. Em novembro, para escolas localizadas na região do Jabaquara (zona sul de São Paulo), o custo do ônibus por criança era de R$ 5.

Nenhum dos cinco circos em atividade em São Paulo ouvidos pela Folha foi consultado pela prefeitura para apresentar seu preço para o projeto, prática comum nesse tipo de contrato sem licitação, para que a prefeitura pudesse escolher a melhor proposta.

Representante da Câmara do Circo no Ministério da Cultura, Márcio Stankowich disse ter ficado espantado com o contrato. "Nosso setor vive uma penúria muito grande. Tem dias em que ganho R$ 300 por show", diz ele, que cobra R$ 5 por criança.

Escolas particulares que levaram alunos ao Spacial em 2005 não contaram com o transporte.



Escrito por NOOS às 11h58
[] [envie esta mensagem]


 
  

MAIS UMA DA IMPRENSA TUCANA!!!

Quando o presidente Lula disse que fazia política 365 dias por ano a imprensa 'caiu de pau'. Quando o Geraldinho faz a mesma coisa parece que o assunto não tem o destaque que merece.

 

Vejam o que noticiou o correio Braziliense em 05/03/2006

 

EM CAMPANHA, ALCKMIN ENTREGA ATÉ HELICÓPTERO VELHO

 


A disputa pela indicação do PSDB para ser candidato à presidência levou o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) a participar até mesmo de uma cerimônia de entrega de helicóptero velho para a Polícia Militar.

Ontem, em Ribeirão Preto, Alckmin entregou um helicóptero com 4.800 horas de vôo e uma autonomia de apenas três horas. Segundo os assessores, seria entregue um helicóptero mais novo, que não ficou pronto a tempo da cerimônia. “Não ficou pronto o outro helicóptero a tempo e veio esse para cá”, afirmou o comandante da base do policiamento aéreo de Ribeirão, tenente Oscar Ferreira do Carmo, 36.

Alckmin negou ter feito essa entrega para adequar à sua agenda aos interesses de vencer a disputa interna no partido com o prefeito de São Paulo, José Serra. “Aqui não tem campanha nenhuma. Foram todos recomendados para que ninguém tocasse em assunto eleitoral. É que vocês da imprensa perguntam, e eu respondo. Claro que a presença de vocês não é só pelo helicóptero”, disse ele.

 



Escrito por NOOS às 11h45
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO
 04/03/2007 a 10/03/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 26/11/2006 a 02/12/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 06/08/2006 a 12/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 23/07/2006 a 29/07/2006
 16/07/2006 a 22/07/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 23/04/2006 a 29/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 26/03/2006 a 01/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005



OUTROS SITES
 Cozinha Experimental
 Hipopótamo Zeno
 Sampa.Org
 O Escriba
 Lusofolia
 Caros Amigos
 Carta Capital
 Observatório da Imprensa
 Novae
 A Rede
 Rede Saci
 Amigos do Presidente Lula
 Picolé da Ki-Ruim
 ForumID
 NOOSFERA ANTIGO
 Saravá Club
 Cápsula da Cultura
 Musicoteca
 Violão Velho
 Vinil Velho
 Rock'n'roll
 Opus 666
 Música do Bem
 Mercado de Pulgas
 Loud
 Feijão tropeiro
 Brazilian Nuggets
 Acesso Raro
 8 Days In April
 Porque dinheiro não é tudo
 .:: Oxelfer Blog News ::.
 360 graus
 Gambrinus MP3




 

 

 TecnoBlog.net - Tops Blogs